segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Como seu filho deve se organizar para estudar








O ambiente é muito importante
O aprendizado na sala de aula é reforçado com os estudos em casa. A lição de casa é uma ferramenta fundamental para a melhor compreensão e assimilação do que foi ensinado pelo professor.Em casa, num ambiente favorável, a criança poderá estudar com prazer e ter gosto por essa tarefa.Uma maneira que torna essa prática ideal é escolher um espaço adequado e específico, para diariamente ser utilizado pela criança.A Iluminação deve ser apropriada. Esse local pode ser em uma mesa no quarto dela, no escritório da casa, na sala ou até na cozinha. Depende da disponibilidade que existe na casa dessa criança. A cadeira também precisa ser confortável.O fundamental é que seja um lugar tranqüilo, pelo menos no momento em que ela estará estudando, sem nada que possa distrair sua atenção.
O material escolar
O material também deve estar em ordem. Os livros, dicionários, computador, canetas, lápis, borracha, cadernos, papel para rascunho e um cesto de lixo. E um lugar para guardá-los adequadamente.O ato de estudar é como um trabalho para a criança. As ferramentas para que ela realize adequadamente são essenciais. O ambiente também.Oriente para que ela cuide do seu material, que mantenha limpo, em ordem e organizado. Depois da tarefa, já deixe tudo pronto para levar, no dia seguinte, para a escola. Com essa organização ela terá mais tempo para fazer o que mais gosta. Como brincar, por exemplo.
Qual o melhor horário para estudar?
A hora de estudar deve ser sempre a mesma, determinando uma rotina na vida do estudante. Pesquisas demonstram que os melhores horários são pela manhã, no fim da tarde ou início da noite. Não é aconselhável fazê-lo logo após as refeições. Por causa da digestão, o organismo está concentrado nessa tarefa e fica mais lento.
Se ela freqüenta a escola pela manhã, deve almoçar, descansar um pouco, brincando, por exemplo, e então pode estudar. Assim, terá um espaço de tempo entre a escola e o estudo, preenchido com alguma outra atividade que ela goste.
O gosto pelo estudo
Pais que exigem que o aluno estude o tempo todo estão transformando essa tarefa em uma obrigação estressante e até desinteressante para ele.O gosto pelo estudo muitas vezes é natural, mas pode ser adquirido também. Transformar esse momento em algo agradável pode ser fácil. Descubra quais as ferramentas que podem tornar esse momento atraente e gostoso para ele.O computador é um acessório que ele gosta de usar nas pesquisas. Estipule um tempo para isso. Assim, ele não correrá o risco de, no meio das pesquisas, se perder em sites de jogos ou até assuntos que não são para sua idade.Procure acompanhar essa pesquisa, de maneira sutil. Mostre interesse em orientá-lo sem parecer que está controlando. Estipule outro horário para usá-lo para diversão.Canetas e objetos temáticos podem ser peças que ajudem a criança a gostar do momento do estudo. Seu personagem preferido estampado no lápis ou na capa do caderno. Um estojo personalizado. Sinalize que seu bom desempenho pode ser premiado com um estojo novo, com o personagem que ela gosta.Outra coisa, diga que seu material reflete quem ele é. Um material desleixado, folhas sujas, dobradas são uma péssima apresentação. Elogie sempre que perceber que ele se esforçou para manter tudo em ordem.
Os pais fazem parte dessa tarefa
Mostrar interesse pelas descobertas que ele fez com os estudos, pode ser um incentivo. Esteja pronto para ouvir tudo o que ele quer falar sobre o que aprendeu e o seu dia na escola, suas atividades e o incentive com elogios e outras informações. Sinalize a importância do conhecimento para seu futuro, sua independência e sucesso.Participe de todas as reuniões escolares. São dados importantes para conhecer o desenvolvimento do seu filho e ajudar, se for necessário. Também é uma forma de conhecer melhor a didática da escola e se é o que você esperava.
Meu filho não quer estudar!
Se seu filho está apático em relação aos estudos, tente descobrir o que pode estar acontecendo. As crianças são naturalmente curiosas e adoram descobrir as coisas. Encontre uma maneira de aliar o ato de estudar a alguma coisa que ela goste. Livros de histórias infantis, gibis, jogos lúdicos, documentários. É um tempo que você irá investir para que ela pegue gosto pelos estudos.
Brincando também se aprende
Divida o dia dela com todas as atividades, horário para ir à escola, fazer as tarefas, ler algum assunto de seu interesse, assistir TV, tanto para diversão como para adquirir mais conhecimento, brincar sozinho e com outras crianças.Essas outras atividades trazem conhecimento também. O que se aprende na escola é apenas uma parte. O seu dia a dia acrescenta dados importantíssimos ao aprendizado. E os pais são os principais educadores. Nos passeios, por exemplo, a criança pode aprender muito interagindo com esse conhecimento. Num zoológico, num shopping, numa avenida existem muitas coisas para ela aprender. Brincando eles aprendem muito e se socializam.
Organize o dia de seu filho
Os adultos costumam ter suas tarefas organizadas durante o dia. As crianças também devem ter essa rotina. Isso deixa a criança mais calma, pois sabe que após o horário do estudo, vem outras coisas, inclusive brincar.O estudo é a primeira tarefa importante e que agrega responsabilidade na vida da criança. Esse comportamento organizado se estenderá para toda sua vida.




"Quanto maior a dificuldade, tanto maior o mérito em superá-la".
( Henry Ward Beecher )




Um comentário:

anna disse...

Procuro guardar ou imprimir tudo que você nos ensina.
Obrigada por tudo
beijos
Anna