quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Aromas, Sabores e Condimentos

Hum!... Que cheirinho bom!
É nessa hora que o Mestre Paladar, com toda a sensibilidade gastronômica, testa o sabor de algumas ervas perfumadas que, aliadas ao gosto, ao colorido e afinadas pela experiência cotidiana, enriquecem com seu aroma os mais variados pratos, tornando-os apetitosos e requintados.
Certas ervas aromáticas, ativando a secreção do suco gástrico, estimulam também o olfato do maridinho que, chegando em casa, ao beijar sua esposa, murmura carinhosamente:
"Hum!... Que cheirinho bom!..."
A maneira correta de usar as especiarias é adicioná-las aos poucos, experimentando até chegar ao ponto que se deseja; assim elas não cobrirão o gosto da comida.
As especiarias são um gostinho novo na comidinha de sempre.
Vamos a elas.
AÇAFRÃO — De cor amarela-alaranjada, é usado mais para dar cor do que sabor. Usa-se, em pequenas quantidades, em arroz, risotos, etc... Também em pães, molhos etc, amassando bem antes de misturar.
AIPO — Usado sempre fresco em canapés, saladas, ensopados e sopas.
ALECRIM — Fresco, serve para carnes, ensopados, aves, peixes, sopas, omeletes e bolos. Também serve para molhos. Não deve faltar no bacalhau ao forno.
ALHO-PORÓ — Usado fresco no tempero de sopas, saladas e ensopados.
ALTEIA — Suas raízes são conhecidas, pois é com seu amido que se fabrica o marshmallow.
BAUNILHA FAVA — Excelente para dar seu sabor aos cremes, caldas e doces que vão ao fogo em estado líquido, porque a fava deve ser bem fervida para dar gosto. Além do seu paladar ser muito superior ao da sua essência, depois de usada, ela deve ser lavada e guardada bem enxuta, pois ainda poderá ser reutilizada muitas vezes. Para sua melhor conservação, guarde-a dentro de um pote contendo açúcar; ou dentro da própria lata onde é guardado o açúcar.
Essência de baunilha — Líquida, ela é usada em gotas ou medida em colheres para dar sabor a qualquer tipo de doce: massas, caldas, pudins, sorvetes, bolos, tortas etc.
BASILICÃO — É usado normalmente fresco, mas também se usa seco. Serve
para molhos de tomates, pratos fortes e que levem queijos. Também chamado alfavaca.
continua...
Fonte: Livro - Sebastiana Quebra-Galho Da Mulher Independente

4 comentários:

Raquel disse...

Menina, seu blog tá uma DELÍCIA!!!
Não só o template, mas o conteúdo tá bárbaro.
Pega selinho lá no meu cafofo?
beijo grande

Lourdes Sabioni disse...

Menina, que delícia esse pitaco! Aprendi mais coisas que no Senac(rsrsrsrs)...amei as dicas e a produção. Já tou te seguindo! Bjs

Raspas de Laranja disse...

Boa. :)

Regiane disse...

Olá!
Adorei conhecer seu blog e já anotei tudo sobre o post.Esta pensando em usar novos temperos na minha cozinha.
Bjs
Regiane